quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Final de Oftalmologia

Ola, primeiro quero aclarar umas coisas, desculpe pela larga ausência aqui no blog.
2016 foi um ano parado academicamente falando. Em outubro meu notebook arrebentou e decidi não mais investir nele e sobrevivi com o celular. Isso fez eu deixar de escrever no blog. Mas estou de volta!
Vou escrever sobre julho de 2016 quando rendi o exame final de oftalmologia.

Lembro que me preparei bem, fiz um resumo em uma folha, mapa conceitual com todos os capítulos da matéria e ia mentalizando tudo na minha mente, mas não tinha cristalizado tudo ordenado meio que decorado, mais relacionava as coisas, dormi cedo, acordei de madrugada repassei tudo e fui, só que o meu repasso tardou um pouco e acabei saindo de casa em cima da hora, fui ate a universidade pra saber se iam tomar o exame final ali mesmo ou no hospital de clinicas. O tempo ia passando.. chegando as 8h e eu em apuros, era na universidade! Sai correndo pro modulo onde iam me tomar e chegando ai exatamente na hora a Dra abre a porta e fala meu sobrenome eu logo o primeiro! já cheguei e fui entrando de uma vez. Passamos dois eu e uma argentina e nos sentamos, três docentes examinavam alunos aos pares, o titular uma outra dra e essa que era a esposa do titular da catedra.
Ela começou perguntando a mim com cara de entediada, Me fale sobre os vícios de refração...
E comecei a falar da dificuldade de refração de luz.. Logo ela interrompeu e perguntou sobre o olho ametrope, logo foi por partes... Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbicia ou como em pt Presbiopia. E íamos fazendo um bate rebate falei de miopia e astigmatismo e a argentina os outros dois. Ia explicando como incidiam os feixes de luz na retina a estrutura ocular em cada um dos casos, com que lentes corrigir se cilíndricas, esféricas, positivas ou negativas... tudo ok.
Então ela quis saber sobre o Exame Oftalmológico. Esses momentos que um professor me faz uma pergunta dessas nessas circunstancias acontece algo engraçado... e ao mesmo tempo bizarro. Na maioria das vezes eu não estou la muito tranquilo né então eu fico na expectativa quando solta pergunta minha cabeça explode e eu começo a soltar as informações muito rápidas e meio desordenadas, comecei a falar tudo de exame oftalmológico então a professora me interrompeu e pediu pra eu falar ordenadamente desde o começo tal qual esta no livro, 'decoreba' ai eu tive dificuldade, e como se tivesse que frear a quantidade exorbitante e frenética de pensamentos dentro da minha cabeça e enfileirar tudo, parecem que as sinapses ficam mais lentas. Aos pouquinhos fui soltando em ordem, parando respirando e soltando. Conforme com a resposta a Dra se virou  pra companheira
argentina e perguntou sobre glaucoma cronico simples e essa respondeu igual a um gravadorzinho tudo falando organizado e rápido tal qual um narrador de jogo de futebol. Pra mim? Sobrou glaucoma agudo o qual mais uma vez falei na explosão e frenesi e fui chamado atenção e tive que falar ordenadamente igual o livro descreve definição e etc. Devagarinho foi e falei tudo corretamente.
Dai seguiu para retinopatia diabética onde expliquei defini dessa vez tomando cuidado pra falar corretamente como a estrutura do livro e agradando a Dra. Então ela me perguntou sobre retinopatia diabética não proliferativa, como é oque se observa no exame e a companheira sobre a não proliferativa.
Me perguntou a definição e classificação das cataratas tudo ok, e terminou perguntando sobre o exame de ecometria e para que doenças se usam.
Perfeito os dois aprovados! Só que a companheira nativa como falou tudo com perfeição objetividade e rapidez ganhou um 10, eu todo estranbelhado ganhei um 7. Mesmo assim sai feliz.

6 comentários:

  1. Oi Carlinhos moro em Buenos Aires na zona oeste, acompanho seu desempenho, e torço muito por tí, nao desista, pois você já é um vencedor. Que Deus te ilumine sempre.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Pode me tirar algumas dúvidas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos, se quer falar comigo ou tem dúvida pode postar aqui publicamente me enviar hangout pelo google+ e pelo email carlosunlar@gmail.com.

      Excluir
  3. Ola

    Gostaria de saber qual carga horária total do curso? e se é suficiente para realizar o revalida no Brasil? Obrigado

    ResponderExcluir
  4. Olá Lucas.
    Eu já escrevi algumas vezes a carga horaria no blog, na unlar são 7086 horas. Se tem alguma dúvida pontual utilize a barra de buscas na parte lateral do blog e filtre resultados escrevendo a palavra chave.
    Sobre o revalida não existe limite de horas para revalidar. Isso foi algum comentário malicioso que alguém inventou e se criou o mito das 7200h ou algum outro horário x. Repito não existe limite de horas imposto para realizar o revalida. Quem vai contra oque eu escrevo aqui eu convido a provar o contrario, que apresente provas, pois formalmente não existe nada que prove isso, que eu saiba.
    Obrigado pelo seu comentário Lucas!

    ResponderExcluir